Urgente: Lula perto de ter candidatura rejeitada; Zanin voa para Brasília para encontrar ministros do STF

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral tendem a negar a Lula, amanhã, a possibilidade de aparecer na propaganda eleitoral de rádio e TV. Julgarão, ao menos em parte, a impugnação proposta pela Procuradoria-Geral da República. É improvável que já julguem o mérito do registro da candidatura do ex-presidente – o que, a se obedecer os prazos processuais, transcorrerá na próxima semana.

Ciente do possível desfecho no TSE, o advogado Cristiano Zanin, da equipe de Lula, está embarcando agora de São Paulo para Brasília, num voo da TAM, na tentativa de encontrar alguns dos ministros do Supremo. Entre eles, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello.

Com o jogo no TSE decidido contra Lula, segundo ministros, Zanin e a defesa de Lula já se voltam para o Supremo, a última instância para resolver a questão.

Juridicamente, é altamente improvável – beira o impossível – que os ministros do STF dêem o maior cavalo de pau da história do tribunal, anulando uma provável decisão do TSE e permitindo, sabe-se lá com qual argumento, que Lula concorra. Politicamente, porém, tudo que Lula e o PT precisam, tanto do TSE quanto do STF, é tempo. Tempo que será comprado com o máximo possível de recursos.

Quanto mais perdurar a indefinição sobre a candidatura de Lula, por mais que essa indefinição seja artificial, melhor para Haddad, o candidato que herdará a cabeça da chapa. Mais tempo para que o PT possa martelar no eleitorado a mensagem e a imagem de Lula.

A vitória de Lula nos tribunais superiores não se medirá em decisões – elas, salvo uma hecatombe, serão desfavoráveis. A vitória se medirá em dias até a decisão final. Quanto mais dias, maior a vitória estratégica e eleitoral para o PT.

 

2 comentários em “Urgente: Lula perto de ter candidatura rejeitada; Zanin voa para Brasília para encontrar ministros do STF

  1. É com esse tempo que o PT e o atual residente da cadeia de Curitiba esperam contar para continuar afrontar a nossa inteligência e a paciência de um povo desiludido com as mazelas destes corruptos

Deixe uma resposta